Últimas Notícias

Equipe da terceira divisão carioca improvisa na numeração das camisas

A partida válida pela Série C do Campeonato Carioca entre Campo Grande e Teresópolis teve um momento curioso envolvendo a camisa do Teresópolis.

A equipe tinha dois jogadores no banco de reservas, mas esqueceu um uniforme. A solução foi na base do improviso, usando esparadrapo estampar o numeral 1 ao lado do 8 para formar o 18.


A coincidência do número remete a um outro caso de improviso, este bem mais programado. Ao chegar à Inter de Milão, em 1997, Ronaldo Fenômeno "roubou" a camisa 9 de Ivan Zamorano. O chileno então escolheu o número 18, mas com um sinal de "+" entre os dois números, formando o cobiçado 9 com a soma.


Conheça outros exemplos de improvisações em uniformes esportivos, como o do Andirá, que teve que prender os escudos na camisa com grampos ( veja matéria completa ), o do Independiente Santa Fé da Colômbia, que recorreu a camisas de treino e até a uniformes piratas ( veja matéria completa ), o Poli Timisoara da Romênia, que usou camisas brancas com números escritos com caneta hidrocor ( veja matéria completa ) e a Udinese, que usou fita crepe para tampar as partes pretas da camisa e evitar confusão com o uniforme do adversário ( veja matéria completa ).


A Classic Football Shirts possui a maior coleção de camisas internacionais de futebol. Entregas no mundo todo.

https://goo.gl/GbDxHF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Show de Camisas Desenvolvido por Show de Camisas Todos os Direitos Reservados

Site Show de Camisas - www.showdecamisas.com.br - Todos Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.